10.5.06

Anteprojeto

TEMA: Cultura Científica

PROBLEMA: A indefinição e a não sistematização de conceitos relacionados a Educação, Cultura, Tecnologia e Ciência, principalmente entre profissionais de Educação do próprio CEFET, foram levantadas pelo Professor Paulo Ventura no Projeto de Ensino proposto na disciplina. Posteriormente, tal fato foi confirmado a partir da aplicação de um questionário aos alunos para resgate das concepções prévias sobre as expressões Educação Tecnológica, Educação Científica, Cultura Científica, Cultura Tecnológica, Apropriação da Cultura Científica e Tecnológica e Alfabetização e Letramento em Ciência e Tecnologia. O grupo ficou responsável pela melhor definição da expressão Cultura Científica. Sendo assim, qual seria o conceito mais sistematizado de Cultura Científica a partir de pesquisa bibliográfica e de entrevistas realizadas com profissionais de educação?

TÍTULO: O conceito de Cultura Científica no contexto educacional

OBJETIVOS:
Objetivo geral: Contribuir para uma aproximação do conceito de Cultura Científica que possa alcançar as várias concepções dessa expressão encontradas na literatura científica e entre profissionais envolvidos com a divulgação e pesquisa científica.

Objetivos específicos:
 Identificar concepções sobre Cultura Científica presente entre os professores do Mestrado em Educação Tecnológica, no grupo de funcionários da Fundação Zoobotânica e do Museu de Ciências da PUC.
 Determinar possíveis diferenças na concepção de Cultura Científica para os três públicos a serem entrevistados.
 Identificar concepções sobre Cultura Científica na literatura científica.
 Sistematizar aspectos comuns na concepção sobre Cultura Científica presente nas várias fontes citadas.

RECURSOS/ METODOLOGIA
1) Os recursos adotados para a metodologia de pesquisa preliminar foram embasados numa metodologia teórico exploratória para a realização de uma primeira pesquisa bibliográfica sobre o tema Cultura Científica. Em vista disso, foram identificados diferentes conceitos e concepções acerca dessa expressão.
Segundo VOGT, Sd. ( Ano??? )
“Embora haja distinções teóricas e metodológicas fundamentais entre arte e ciência, há entre elas algo poderosamente comum. Trata-se da finalidade compartilhada por ambas, que é a da criação e a da geração de conhecimento, através da formulação de conceitos abstratos e ao mesmo tempo, por paradoxal que pareça, tangíveis e concretos. No caso da ciência essa tangibilidade e concretude se dá pela demonstração lógica e pela experiência; no caso da arte, pela sensibilização do conceito em metáfora e pela vivência.
“Por isso a expressão cultura científica nos soa mais adequada do que as várias outras tentativas de designação do amplo e cada vez mais difundido fenômeno da divulgação científica e da inserção no dia-a-dia de nossa sociedade dos temas da ciência e da tecnologia.
Melhor do que alfabetização científica (tradução para scientific literacy), popularização / vulgarização da ciência (tradução para popularisation/vulgarisation de la science), percepção/ compreensão pública da ciência (tradução para public understanding/awarness of science) a expressão cultura científica tem a vantagem de englobar tudo isso e conter ainda, em seu campo de significações, a idéia de que o processo que envolve o desenvolvimento científico é um processo cultural, quer seja ele considerado do ponto de vista de sua produção, de sua difusão entre pares ou na dinâmica social do ensino e da educação, ou ainda do ponto de vista de sua divulgação na sociedade, como um todo, para o estabelecimento das relações críticas necessárias entre o cidadão e os valores culturais, de seu tempo e de sua história” VOGT, Sd (ano??? ).
No exemplo de IZQUIERDO ( 2005),
“Além disso, e em parte como conseqüência disso, existe no Brasil um profundo e generalizado menosprezo pela cultura, praticado por meio da burla ou da zombaria. (...) O povo é quase que sistematicamente ensinado a rir daquilo que não é cultura popular, e a adorar o que lhe impingem como tal” (IZQUIERDO, 2005).
MENEZES (2005), explica que na sociedade contemporânea,
“Assim, é também mais defensável tomar a cultura científica como direito de todos, não como prerrogativa de poucos. Diante da complexidade e da rápida evolução do conhecimento científico, pode parecer ambição inalcançável tornar a formação científica um direito universal, e desenvolver um currículo para as ciências na educação básica, capaz de contribuir para o enfrentamento de problemas da sociedade contemporânea, como exclusão econômica, individualismo consumista, desrespeito humano e ameaça ambiental” (MENEZES, 2005)
Numa adaptação de MUNOZ, 2002, ( nome ??? mesmo ano??? )
Cultura como conjunto de conhecimentos adquiridos pela pessoa que permite desenvolver o sentido crítico e de juízo (...) como instrução de um conjunto de conhecimentos não especializados que toda pessoa educada deve saber (...) ou como conjunto de modos de vida, conhecimentos e grau de desenvolvimento de uma coletividade humana ou de uma época (ADAPTADO DE MUÑOZ, 2002).
A partir desses trechos, é possível lançar mão de algumas referências acerca da expressão Cultura Científica. Pode-se perceber que esse tema inclui, em seu conceito, a alfabetização científica (também chamada scientific literacy), a popularização/ vulgarização da ciência e percepção/ compreensão pública da ciência. Ela também considera que o desenvolvimento científico é um processo cultural seja em sua produção, em sua difusão entre os pares, assim como no processo de ensino/ de educação e na difusão por toda sociedade. Também há relação com a formação científica universal e escolar para lidar com os problemas cotidianos e com o que não é cultura popular e por isso tem sido discriminado no Brasil. Pelo conceito de cultura, pode-se prever que cultura científica está relacionada com a aquisição ou com o ensino de conhecimentos científicos não somente no contexto individual, como também no contexto social (da coletividade).
2) Com essa primeira pesquisa, foi possível definir que seriam realizadas entrevistas com diferentes públicos de acordo com os três âmbitos da cultura científica: 1) produção; 2) difusão e 3) ensino/ educação de conhecimentos, procedimentos e história científicos. Atendendo aos tópicos 1 e 3, serão entrevistados, pelo menos, três professores do curso de Mestrado em Educação Tecnológica – CEFET/ MG. Segundo o tópico 2, serão entrevistados funcionários relacionados com a elaboração da exposição do Museu de Ciências da PUCMINAS – Coração Eucarístico. Ao considerar que o conceito de Cultura Científica é muito amplo, foi proposta uma entrevista semi-estruturada com a definição prévia de alguns itens prévios. No entanto, novos itens poderão ser incluídos ao longo da realização das entrevistas. Chama-se a atenção para o fato de que as primeiras entrevistas feitas sejam somente entrevistas-piloto. Caso seja necessário, posteriormente, será feita uma outra proposta de entrevista para a identificação mais precisa das concepções sobre Cultura Científica do público-alvo.

Itens da Entrevista-Piloto:
a) Conceito de Cultura Científica.
b) A visão sobre a Cultura Científica no âmbito da educação formal e não formal
c) A identificação da Cultura Científica no âmbito do trabalho/da área de estudo (do entrevistado).


Estas foram as preliminares do projeto.
Em breve postaremos a resenha sobre "as duas culturas" aguardem....

A equipe Cultura Científica.